quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Quarto Presente


Foi há dois dias. Não te posso escrever no Quarto Passado que ainda não criei nem no Quarto Futuro que ainda está na mesa do Projectista e sobretudo porque te quero sempre Presente.

Falámos, olhámos, lemo-nos... com a vontade já acontecida de nos tocarmos, de sabermos que sensações poderíamos criar e apresentámos o um ao outro.


O beijo aconteceu... de repente, na rua, ao abrigo do luar da noite fria.

Entrámos um no corpo do outro, entrelaçados, unidos pelas bocas desejosas que se devoraram... foi um beijo longo, foram muitos beijos num só, ávidos, glutões, ternos, marotos, deliciados, excitados por aquelas sensações novas, por serem as nossas primeiras.


Não foi surpresa o que senti, não foi espanto aquela sintonia, harmonia, a sincronia em que dançaram as nossas bocas. Eu segui-te, tu seguiste-me, cada passo novo, cada movimento da tua língua tu já me tinhas ensinado, cada recanto dos teus lábios eu já tinha percorrido antes, cada ritmo, cada som que saía de mim eu já tinha ouvido contigo.

Comi-te pela boca. Lambi-te, fui gulosa. Mordisquei-te, tentadora.

E tu quiseste-me assim, fêmea esfomeada que encontra a boca igual do macho.
Quero-te demais, mais... quero-te todo, o resto de ti, quero sempre a tua boca onde buscarei o nosso alimento, em descoberta de iguarias conhecidas e novas, imaginadas, antecipadas, conhecidas e reinventadas.

Sei que me tens, já... aprisionada pela tua boca malvada e tu preso na minha boca perigosa...
Cala-me com a tua boca e recebe-me no teu corpo, corpo que só as minhas mãos já percorreram.

Neste quarto Presente escreveremos os sons e gostos e os sentires que tanto queremos acontecer.

Para ti, M... vivendo as coisas que não se explicam.

2 comentários:

Lisoriente disse...

Ele há homens de sorte!E surpresa há sempre,porque nestas coisas a última que se tem é a certeza. Suave e leve, mas doce e erótica! Parabéns à Escritora.

Il Dottore disse...

Revejo nas tuas palavras...os meus encontros...a quem pertence meu coração...Sinto me um homem com sorte ;)